facebook pixel

Ferropénia (Anemia)

Sabe o que é?

A ferropénia (défice de ferro) é um problema de saúde pública constituindo a principal causa de anemia a nível mundial e a deficiência nutricional mais prevalente. É reconhecida a elevada prevalência desta carência nutricional em Portugal bem como o seu subdiagnóstico laboratorial, consolidando a necessidade de estratégias de prevenção, diagnóstico e terapêutica desta patologia.

O ferro é um nutriente essencial e desempenha um papel central em muitos processos metabólicos. O défice de ferro manifesta-se através de muitos sinais e sintomas inespecíficos (fadiga, palidez, queda de cabelo, dificuldade concentração, intolerância ao frio, …) e na maioria dos casos só é diagnosticado quando se estuda a sua manifestação final que é a anemia (Hemoglobina <13g/dL no homem e <12g/dL na mulher).

Nos grupos de risco conhecidos, como sejam as grávidas, os doentes renais crónicos, os doentes com doenças inflamatórias intestinais ou com insuficiência cardíaca, está associada a pior prognóstico, com aumento das necessidades de internamento e redução da qualidade e esperança de vida.

Os números da ferropénia em Portugal1

31,9% dos portugueses têm FERROPÉNIA (ferritina <30 ng/mL)
53,3% apresentam uma deficiência funcional de ferro (ferritina <50 ng/mL)
É mais frequente em mulheres
40,7% das grávidas têm ferropénia
19,9% têm anemia (84% dos quais sem diagnóstico)

1 Fonseca C, Marques F, Robalo Nunes A, Belo A, Brilhante D, Cortez J. “Prevalence of anaemia and iron deficiency in Portugal: the EMPIRE study”. Intern Med J. 2016;46:470–8.

O Diagnóstico Laboratorial

2Perante suspeita de ferropénia esta deve ser confirmada laboratorialmente com:

Hemograma
Reticulócitos
Parâmetros do metabolismo do ferro
Saturação da transferrina (ST) = ferro/CTFF
Ferritina

2 NOC nº 30/2015 DGS – Abordagem, Diagnóstico e Tratamento da Ferropénia no Adulto. Disponível: https://www.dgs.pt/?cr=25229

A Interpretação Clinico-Laboratorial

Valores de Referência de Ferropénia no Adulto
Ferropénia absoluta <30 ng/mL
Ferropénia funcional 30-50 ng/mL
Gravidez <70 ng/mL
Insuficiência cardíaca <100 ng/mL
100 - 300 ng/mL com ST <20%
Doença inflamatória intestinal ativa <100 ng/mL com ST <20%
Se tiver alguma questão adicional:
Notícias Relacionadas:

Artigos Relacionados: