facebook pixel

COVID-19

Testes à COVID-19

Saiba aqui tudo sobre os testes que pode fazer nos laboratórios do Grupo Germano de Sousa

Saiba mais

Teste de Diagnóstico PCR

Teste de referência no diagnóstico da Covid-19

Saiba mais

Teste de Antigénio

Teste Rápido para doentes com sintomatologia associada à Covid-19

Saiba mais

Teste de Anticorpos

Teste a sua imunidade à Covid-19

Saiba mais

Vai Viajar?

Conheça os procedimentos

Saiba mais
/

COVID-19-TESTE COVID-19

Teste PCR

COVID-19-RECOMENDAÇÕES

Teste Antigénio

COVID-19-TESTE ANTICORPOS SARS-CoV-2

Teste Anticorpos

COVID-19-COVID-19

Vai Viajar?

SOBRE COVID-19

COVID-19 é o nome oficial, atribuído pela Organização Mundial da Saúde, à doença provocada pelo novo coronavírus, que pode causar infeção respiratória grave como a pneumonia. Esta doença é causada pelo vírus SARS-CoV-2, anteriormente conhecido por 2019-nCoV, que foi identificado pela primeira vez em humanos, em Dezembro de 2019, na cidade chinesa de Wuhan.

O Grupo Laboratorial Germano de Sousa tem o dever e a responsabilidade médica, técnica e científica de fornecer, aos que nele confiam, um saber e uma resposta de qualidade e mais valia profissional na área da Saúde.

O Grupo Germano de Sousa e a sua Direção Clínica comunicam que, nos termos da Lei, respeita e aplica todas as diretivas da Direção Geral de Saúde (DGS) no que concerne ao acompanhamento da prevenção e controlo de infeção pelo novo coronavírus-2019 (SARS-CoV-2).

O Grupo Germano de Sousa é segundo o SNS/INSA aprovado para a realização do diagnóstico COVID-19 e pertence à Rede de Laboratórios para o Diagnóstico Laboratorial da COVID-19.Consulte aqui os certificados para o diagnóstico laboratorial do SARS-CoV-2

Nem todas as pessoas infectadas necessitam de internamento hospitalar.
As pessoas com COVID-19 que ficam em casa, devem ficar em isolamento.

Os sintomas mais frequentes associados à infeção pelo COVID-19 são:

  • Febre (temperatura ≥ 38.0ºC) sem outra causa atribuível
  • Tosse de novo, ou agravamento do padrão habitual, ou associada a dores de cabeça ou dores generalizadas do corpo
  • Dificuldade respiratória/dispneia, sem outra causa atribuível
  • Perda total ou parcial do olfato (anosmia), enfraquecimento do paladar (ageusia) ou perturbação ou diminuição do paladar (disgeusia) de início súbito

Em casos mais graves, pode levar a pneumonia grave com insuficiência respiratória aguda, falência renal e de outros órgãos, e eventual morte.

RELATÓRIO DE JULHO DE 2020

Nos últimos meses assistimos à propagação mundial do vírus SARS-Cov-2, causador da doença COVID-19. O vírus já infetou 14.739.450 pessoas, e foi responsável por 610.776 mortes em todo o mundo (Johns Hopkins University). Em Portugal, são 48.898 as pessoas infetadas, tendo o vírus causado 1.697 mortes. Existem, neste momento, 439 pessoas internadas, das quais 62 estão nos cuidados intensivos, e 33.769 pessoas já recuperaram (Direção-Geral da Saúde)*.
*Dados de 21/07/2020

COVID-19 - icon Consulte aqui em PDF
O que é o teste de diagnóstico Covid-19?

Para a deteção do vírus SARS-Cov-2, responsável pela doença Covid-19, é utilizada a metodologia de PCR em tempo real (RT-PCR), tal como recomendação da Direção Geral de Saúde (DGS). Com esta metodologia é pesquisado o material genético do vírus. Caso seja detetado a presença ou ausência de material genético do vírus podemos concluir se a pessoa está ou não infetada com o vírus SARS-Cov-2 (Doença Covid-19).

Qual a indicação para efectuar este teste?

Todas as pessoas com sintomas de doença Covid-19 e/ou que contactaram com casos confirmados de Covid-19.

Qual a utilidade deste teste?

O teste permite dizer se existe ou não uma infecção activa, isto é, se a pessoa está, ou não, infetada com o vírus SARS-Cov-2. Deste modo, ajuda a identificar as pessoas que podem contagiar outras e, assim, implementar medidas de isolamento e proteção para conter a doença Covid-19.

Existem outros testes?

Para o diagnóstico da doença Covid-19 este é o método de referência recomendado da Direção Geral de Saúde (DGS).
Existem ainda outros testes serológicos, a determinação da IgA anti SARS-CoV-2 (poderá ser mais precoce); e a determinação dos Anticorpos totais (IgM+IgG), teste qualitativo, que apenas indica resultado positivo ou negativo, e que poderá ser utilizado como teste de rastreio.

É necessária prescrição médica para a realização do teste?

Para realizar deste teste é recomendado a requisição médica.

Como é efectuado o teste?

O teste é realizado através da introdução de uma zaragatoa estéril (cotonete comprido) no nariz, a este material biológico chamamos exsudado nasofaríngeo. Para além do exsudado nasofaríngeo também pode ser analisado amostras de expetoração, aspirado nasofaríngeo e lavado bronco-alveolar, sendo esta última uma amostra biológica colhida em ambiente hospitalar.
As amostras são posteriormente transportadas para o laboratório de Patologia molecular do Grupo Germano de Sousa para deteção do SARS-Cov-2 o mais rapidamente possível.

Qual o significado de um resultado positivo do Teste de detecção do Covid-19?

Significa que existe uma infecção activa pelo vírus SARS-Cov-2, agente responsável pela Doença Covid-19.

O que fazer no caso de receber resultado positivo?

Os resultados obtidos serão comunicados ao médico prescritor e à Direção Geral de Saúde (DGS) através da plataforma SINAVELab. Em simultâneo, o resultado será enviado para o seu endereço de e-mail. Deve cumprir o isolamento social e aguardar pelo contacto do Delegado de Saúde.

Posso ter um resultado positivo mesmo que não apresente sintomas?

Sim, existem portadores assintomáticos do vírus na nasofaríngeo que o podem transmitir sem ter manifestações da doença Covid-19.

Qual o tempo de repetição do teste para saber se estou curado?

Ao fim de 14 dias, poderá repetir o teste da zaragatoa (RT-PCR). Se este estiver negativo, poderá considerar que está livre de infecção ativa pelo vírus SARS-CoV-2. Se estiver positivo deverá repetir cada 48 horas até ser negativo

Depois de estar curado, posso voltar a ser infectado pelo Covid-19?

O conhecimento atual não permite afirmar categoricamente que não, mas a elevada probabilidade é que não volte a estar infectado pelo SARS-CoV-2, pelo menos durante o período em que durar a presença dos anticorpos circulantes.

Qual o tempo de entrega do resultado?

Obterá o resultado do seu teste num prazo entre 48h a 72h.

Como é enviado o resultado?

O resultado será enviado para o seu endereço de e-mail e simultaneamente para a plataforma SINAVELab da Direção Geral de Saúde (DGS).

Como proceder se necessitar de informação adicional?
Como proceder à marcação?

Não é necessária marcação, basta dirigir-se a um dos nossos centros de teste Covid-19.

Para que serve o teste serológico?

O teste é feito por recolha de sangue e serve para saber se já teve contacto com o vírus SARS-CoV-2 e se desenvolveu anticorpos. Este teste também nos diz a quantidade de anticorpos que o doente tem.

Qual a indicação para efectuar este teste?

O teste serológico revestem-se de enorme importância e é crucial para fazer a identificação e caracterização do eventual estado de imunidade de indivíduos que tenham estado infetados pelo vírus SARS-CoV-2 (Doença Covid-19).

Qual a vantagem em fazê-lo?

Se estivermos imunes existe uma menor probabilidade de transmissão da doença à nossa família e aos nossos amigos. Acredita-se que durante 3 a 6 meses poderemos ter alguma “imunidade protetora”.

Como é efectuado o teste?

É feito através de uma rápida e simples colheita de sangue, realizada em qualquer posto de colheitas do grupo Germano de Sousa, sem necessidade de marcação prévia.

Quais os anticorpos que são pesquisados neste teste e qual o significado do resultado?

O teste serológico permite a determinação de anticorpos das classes IgM e IgG.
O anticorpo da classe IgM é detetável, na maioria dos casos entre 7º e o 10º dia, embora nos casos mais graves possa ocorrer entre o 3º e o 5º dia após o início dos sintomas; o anticorpo da classe IgG é detetável entre o 10º e o 20º dia depois do início dos sintomas.
Se o anticorpo IgG anti-SARS-CoV-2 é indetetável depois de 20 dias após o início dos sintomas (ou 23-25 depois do início da infeção), a infeção pelo SARS-CoV-2 pode ser excluída (Doença Covid-19).

Qual a fiabilidade dos testes serológicos?

A “fiabilidade” dos testes é medida por aquilo a que se chama “sensibilidade” e “especificidade” clínicas.
A sensibilidade clínica do teste serológico IgM e IgG, quando usado em combinação, é de 98,5% e a especificidade clínica é de 98,7%.

Posso ter a Doença Covid-19 e não acusar no teste?

Sim, podemos ser portadores do vírus e os anticorpos aparecerem mais tarde. O anticorpo da classe IgM é detetável, na maioria dos casos entre o 7º e 10º dia, embora nos casos mais graves possa ocorrer entre o 3º e 5º dia após o início dos sintomas.

Se for imune não volto a contrair o virus?

As investigações indicam que existe uma probabilidade de existir uma correlação entre o elevado número de anticorpos IgG e uma menor probabilidade de infeção, quando exposto ao vírus SARS-CoV-2.

Por quanto tempo sou imune?

A evidência científica atual ainda não nos permite afirmar que um título elevado de anticorpos IgG anti SARS-CoV-2 garante a imunidade efetiva ou duradoura. Sabemos que de acordo com vírus similares que a imunidade é de 3 a 6 meses.

É necessária prescrição médica para a realização do teste?

Não é necessária prescrição médica, pode ser realizada em todos os postos de colheitas do Grupo Germano de Sousa.

Qual o tempo de entrega dos resultados?

Obterá o resultado do seu teste em 3 dias úteis.

Como são enviados os resultados?

Os resultados poderão ser levantados no posto de colheitas onde realizou a recolha de sangue ou enviado para o seu endereço de e-mail.

Existem outros testes?

Sim. Existe o teste de diagnóstico COVID (RT PCR). O teste de diagnóstico COVID (RT PCR) é feito por zaragatoa para diagnóstico da infeção por SARS-CoV-2 (Doença Covid-19).
Existem ainda outros testes serológicos, a determinação da IgA anti SARS-CoV-2 (poderá ser mais precoce); e a determinação dos Anticorpos totais (IgM+IgG), teste qualitativo, que apenas indica resultado positivo ou negativo, e que poderá ser utilizado como teste de rastreio.

Como proceder se necessitar de informação adicional?

TESTE DIAGNÓSTICO PCR COVID-19

Trata-se do método de referência para o diagnóstico da infeção por SARS-CoV-2.

O método utilizado para a deteção do vírus é o PCR (Polymerase Chain Reaction), pela elevada sensibilidade e especificidade na identificação simultânea de vários genes do vírus.
O Grupo Germano de Sousa realiza testes em diversos locais do país em coordenação com as autoridades de saúde, de modo a ajudar no rastreio da população a nível nacional.
Adicionalmente, temos respondido a solicitações de outras entidades consideradas prioritárias no contexto atual, como os hospitais públicos, lares de idosos e outras entidades de saúde.

Todas as amostras são posteriormente transportadas para o laboratório de Patologia molecular do Grupo Germano de Sousa para deteção do SARS-Cov-2 o mais rapidamente possível.

A QUEM SE DESTINA

Todas as pessoas com sintomas de doença Covid-19 e/ou que contactaram com casos confirmados de Covid-19.

Em amostras do trato respiratório

O teste é realizado através da introdução de uma zaragatoa estéril (cotonete comprido) no nariz, a este material biológico chamamos exsudado nasofaríngeo. Para além do exsudado nasofaríngeo também pode ser analisado amostras de expetoração, aspirado nasofaríngeo e lavado bronco-alveolar, sendo esta última uma amostra biológica colhida em ambiente hospitalar.
Não pode utilizar spray nasal antes da colheita. Não necessita de estar em jejum.

Em amostras de saliva

O teste é realizado através da recolha de saliva para um kit exclusivo.
Não comer, beber, fumar, escovar os dentes ou mastigar pastilha elástica nos 30 minutos antes de realizar a colheita da saliva

RESULTADOS

Os resultados serão enviados para o seu e-mail e para o seu telemóvel através de um SMS. Em simultâneo, serão enviados para a DGS através da plataforma SINAVELab.

Tipos de Resultado

  • Positivo - Detetado
  • Negativo – Não detetável
  • Inconclusivo

TESTE ANTIGÉNIO

Os testes de pesquisa de antigénio SARS-CoV-2 só devem ser utilizados em doentes sintomáticos.

Os testes de pesquisa de antigénio, desenvolvidos para o diagnóstico do SARS-CoV-2, são testes que detetam proteínas específicas do vírus SARS-CoV-2 produzidas pelo vírus replicante no trato respiratório.

Os testes que se encontram registados em Portugal, no INFARMED, I.P., apresentam caraterísticas de desempenho diversas, variando a sensibilidade entre 60% e 99%, com especificidades consistentemente elevadas (≥98%).

A colheita é realizada através da introdução de uma zaragatoa estéril (cotonete comprido) no nariz do doente mediante um procedimento específico. A este material biológico chamamos exsudado nasofaríngeo.

A QUEM SE DESTINA

  • Só devem ser realizados nos primeiros 5 dias (inclusive) de sintomas
  • Se a amostra não tiver sido colhida nos primeiros 5 dias (inclusive) de sintomas, é muito provável que o antigénio do vírus não seja detetado.
  • Um resultado "Não Detectável" deverá ser confirmado por TAAN por RT-PCR.

Os resultados podem demorar cerca de 4h após triagem da amostra no laboratório e serão enviados para o seu e-mail.

TESTE ANTICORPOS

A imunidade é um conjunto de mecanismos de defesa contra um agente infecioso, como é o caso do vírus SARS-CoV-2. A resposta imune a este vírus é desencadeada pelo nosso organismo, depois de ter havido contacto com o mesmo. Neste processo são produzidos anticorpos das classes IgG e IgM para o SARS-CoV-2.

A pesquisa de anticorpos, permite identificar se a pessoa já esteve em contacto com o vírus, e é crucial para fazer a identificação e caracterizar o estado de imunidade dos doentes eventualmente infetados por SARS-CoV-2 (Doença COVID19).

O teste pode ser feito em regime privado, sem requisição médica. Para fazer o teste serológico, basta dirigir-se a um dos nossos postos.

A QUEM SE DESTINA

  • Permite avaliar, individualmente, quem possa ter contactado com o vírus mesmo sem saber e pretenda saber da sua possível imunidade
  • Permite avaliar, na população geral, o grau de exposição ao vírus e saber o possível grau de imunização
  • Este teste não se destina à avaliação de doença aguda, nem a determinar perigo de infecciosidade
TESTE ANTICORPOS SARS-CoV-2

Vírus na Nasofaringe

Sintomas de Pneumonia

Concentração de IgM

Concentração de IgG

O teste serológico efetuado pelo Centro de Medicina Laboratorial Germano de Sousa é um imunoensaio por quimioluminescência in vitro (CE-IVD), que permite a determinação Quantitativa de anticorpos das classes IgM e IgG para o novo coronavírus (SARS-CoV-2), em plasma ou soro humano.

COVID-19 - icon Consulte aqui em PDF

Vai Viajar

Se for viajar, deve informar-se das condições exigidas pelo país de destino.
Pode contactar a embaixada ou a companhia aérea.

Centros de Teste COVID-19

Qualquer dúvida contacte-nos.
Teremos todo o gosto em ajudar.

LABORATÓRIO DE
PATOLOGIA CLÍNICA

LABORATÓRIO DE PATOLOGIA CLÍNICA
EMAIL

Linha Verde 800 209 498

Notícias Relacionadas: