Unidade de Citometria de Fluxo


A Unidade de Citometria de Fluxo complementa o diagnóstico, o prognóstico e monitoriza a terapêutica nas seguintes áreas :

Imunologia (expressão de CD20 nas células B após terapêutica com anti-CD20, HLA-B27, estudo funcional de células T, B e NK);

Imunodeficiências primárias e secundárias (quantificação de linfócitos T CD4, CD8 e gama/delta, de células B e de células NK, caracterização das células B nos compartimentos naive, memória e plasmablastos e expressão nestas de IgG, IgM e IgA;

Hemato-oncologia (doenças linfoproliferativas crónicas T, B e NK: determinação da clonalidade, classificação fenotípica, prognóstico e doença residual mínima. Leucemias agudas: caracterização fenotípica, diagnóstico de leucemias “raras” – células dendríticas, plasmócitos, mastócitos -, prognóstico e estudo da doença residual mínima. Síndromes Mielodisplásicos: diagnóstico e classificação da OMS. Gamapatias monoclonais: diagnóstico diferencial entre MGUS e Mieloma Múltiplo através da caracterização e quantificação de plasmócitos patológicos e normais. Estudo da ploidia do DNA e da percentagem de plasmócitos na fase S do ciclo celular.

Pedido de Determinações Analíticas por Citometria de Fluxo